Viajar é uma delícia! Mas, arrumar as malas nem sempre é uma tarefa fácil, especialmente para as mulheres, que, no geral, têm o costume de levar mais coisas do que os homens.

Na hora da escolha da mala

Tamanho ideal vai depender do tempo que você vai ficar fora e do tamanho da família.

“Famílias com filhos pequenos podem optar por uma mala grande, na qual caiba as coisas de todos. A vantagem é que você só terá um volume com que se preocupar”. “Já para as famílias com filhos maiores, a melhor opção é que cada filho tenha sua mala, já que nesta fase nem sempre os filhos ficam hospedados com os pais”, acrescenta.

Existem algumas malas especiais para ternos e camisas. Estas são ideais para viagens de negócio onde é necessário levar várias roupas sociais.

O que levar?

É verdade que a maioria das mulheres é um pouco exagerada na hora de arrumar a mala! Muitas gostariam de poder colocar uma rodinha no guarda-roupa e levar ele inteiro, não é mesmo?! Mas, como isso não é possível, é preciso ser muito racional na hora da escolha do que levar.

“O que deve ser considerado: quanto tempo você vai ficar; o clima do local; a mudança de clima e os eventos (vai sair para jantar? Dançar? Etc.)”

A dica  é pensar sempre em peças que podem ser usadas mais de uma vez e que combinam com várias coisas. “Por exemplo: uma calça jeans pode ser usada umas três vezes, então, leve-a com três camisas. Desta forma você já tem três looks montados”, diz. “Peças básicas e com cores neutras também ajudam a fazer a combinação”, acrescenta.

Quem vai para a praia, provavelmente, ficará a maior parte do tempo de roupa de banho e chinelo… Então, para que levar 4 calças, 17 shorts, 12 vestidos e 5 pares de sapato de salto alto?! Certamente isto tudo não é necessário, por mais que você se sinta tentada a levar os itens do seu guarda-roupa que você mais gosta.

“Avalie bem a possibilidade de surgir algum evento que precise dessas roupas mais chiques”; Mas, caso perceba que de fato não participará de muitos eventos à noite, não exagere na montagem dos looks para levar.

Para o frio, é levar um casaco pesado e quente, de cor neutra, como preto, marrom ou off white. Assim você pode variar apenas a roupa de baixo (camisas, blusas e calças).

“O mesmo pensamento vale para os sapatos: leve pares básicos, confortáveis, que combinem com a estação, assim você pode usá-los mais de uma vez e evita levar a sapateira inteira”, explica Claudia.

Arrumando a mala

“As regras principais são: roupas que amassam menos devem ir na parte de baixo da mala, como jeans, sarja, lã. E roupas que amassam mais, além de ficarem por cima, devem ser dobradas o mínimo possível, para evitar que fiquem com muitas marcas”.

Na sequência, arrumando a mala:

  1. Primeiro as calças: coloque estas peças esticadas no fundo da mala com as pernas para fora. Depois de colocar tudo, dobre as pernas da calça por cima das outras roupas.
  2. Depois, coloque bermudas e shorts.
  3. Na sequência, coloque os vestidos. “Eles devem ser dobrados o mínimo possível e colocados esticados, com parte da roupa para fora da mala (assim como foi feito com as calças)”.
  4. Camisetas devem ser dobradas como de costume – aquela dobra tradicional – e depois enroladas. “Estas peças podem ser colocadas nos cantos e espaços vazios da mala”.
  5. Roupas íntimas devem ser colocadas em sacos (que podem ser aqueles de TNT), para facilitar na hora de encontrá-las.
  6. No caso de viagens para a praia ou no verão: as cangas devem ser colocadas esticadas e, os biquínis e maiôs, em saquinhos plásticos individuais. “Eles servirão também para proteger suas roupas na volta da viagem, caso as roupas de banho ainda estejam molhadas”.
  7. Os sapatos podem ser colocados em sacos individuais de TNT, sacos tipo Zip (se forem sapatos de número pequeno) ou até mesmo em toucas de banho descartáveis (para proteger a sola do sapato). “Eles podem ser acondicionados em compartimento separado na mala ou, se tiverem protegidos, colocados mesmo junto às roupas, de preferência nos cantos da mala”.
  8. Se for necessário levar muitos sapatos ou sapatos de neve – que são grandes e pesados -, o ideal é uma mala separada, para não amarrotar as roupas.
  9. Os produtos de higiene pessoal, cosméticos, remédios e maquiagem devem ser colocados em uma frasqueira. “Mas, se não quiser ou não tiver uma frasqueira, a dica é acondicionar estes produtos em saquinhos separados por tipos (higiene/cosméticos/ remédios/ maquiagem) e distribuir nos espaços vazios. Produtos líquidos que podem vazar na mala devem ser colocados em sacos plásticos. Aqueles tipo ZIP são ótimos”.
  10. Deixe o pijama e as roupas íntimas fáceis de pegar, assim você não precisa desfazer a mala toda depois de uma viagem longa. “Você pode deixar para fazer isto depois de descansar”.
  11. Se possível, leve alguns (poucos) cabides de lavanderia. “As peças que amassaram um pouco você pode colocar neste cabide e deixar no banheiro. Assim, o vapor do chuveiro ajuda a desamassar”.
  12. Por fim, não se esqueça de levar, no fundo da mala, um saco grande para trazer as roupas sujas separadas das roupas limpas.

    O que levar na bolsa de mão?

    As mulheres que são mães já sabem que precisam fazer aquela “malinha básica” quando saem com as crianças. “Elas devem sempre pensar em quanto tempo demora a viagem e, desta forma, considerar quantas refeições serão feitas no caminho (mamadeiras ou papinhas); trocas de fralda; mudanças de roupas (no caso de mudança do clima ou de emergências)”.

    Para os adultos, é sempre bom ter à mão um casaco, um analgésico, carregador de celular, uma garrafa de água, uma bolachinha, documentos pessoais e algum dinheiro (em espécie).

    Para viagens de avião, nacionais ou internacionais, e/ou viagens com crianças, a atenção deve ser redobrada quando se trata de documentos. “Além dos documentos de identificação, você pode precisar de passaporte, a passagem (é claro), documentos das crianças com foto (ou seja, dependendo para onde você vai viajar, a certidão de nascimento não é suficiente, é necessário Carteira de Identidade, mesmo para bebês). Além de autorização para viajar com a criança, caso um dos pais não esteja junto ou se você não for mãe da criança”, diz Claudia.

    Algumas regiões do País e alguns países exigem vacinação para determinadas doenças. “Fique atenta para isto e para o prazo… Febre amarela, por exemplo, você deve tomar 10 dias antes da viagem”, finaliza.

    É imprescindível também sempre verificar as políticas de bagagem para o seu vôo, caso viaje de avião. Consulte as orientações da empresa aérea, bem como as orientações do aeroporto internacional de onde você partirá.

    Com todas essas orientações vai ficar muito mais simples arrumar sua mala e se preparar para uma viagem agradável. Lembre-se de não exagerar na escolha de roupas e sapatos para levar, optando sempre por aqueles que combinam com vários looks!  Para colocar tudo dentro da mala, aproveitando ao máximo o espaço que ela oferece. Boa viagem!